Comemorações do 10 de Junho na Régua ajudam a promover o Douro

Vinhas do Douro terão de ser adaptadas às mudanças do clima
Alto Douro Vinhateiro é Património Mundial desde 2001 | Foto: Eduardo Pinto

As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das comunidades portuguesas vão decorrer, este ano, na cidade de Peso da Régua, na região do Douro, e na África do Sul. O anúncio foi feito, sábado, pela Presidência da República, que também designou o enólogo João Nicolau de Almeida como presidente da comissão organizadora.



A Presidência justificou a escolha de Peso da Régua como sede das comemorações referindo que o Alto Douro Vinhateiro, Património da Humanidade desde 2001, foi designado como Capital Europeia do Vinho em 2023.

O presidente da Câmara Municipal de Peso da Régua, José Manuel Gonçalves, realçou que “mais do que as comemorações serem na Régua, o que deixa a região honrada e orgulhosa é que possam contribuir para que 2023 seja um ano de grande afirmação do Douro, do território e dos seus vinhos”.

O autarca deseja que durante este ano, no âmbito da Capital Europeia do Vinho, possa ser feita uma “promoção da região do Douro a nível mundial” e está convicto que a escolha de Marcelo Rebelo de Sousa vai “dar um enorme contributo para que isto seja uma realidade” e para que se possa “afirmar o Douro como um dos grandes destinos turísticos do Mundo”.

A ocasião servirá para “homenagear” os que, ao longo dos anos contribuíram para construir a paisagem classificada pela UNESCO, bem com os que, nos 19 concelhos da Comunidade Intermunicipal do Douro, continuam a lutar para a manter.

Segundo José Manuel Gonçalves, os autarcas do Douro vão aproveitar os holofotes da cerimónia do 10 de Junho para “continuar a relembrar o que, neste momento, já é um compromisso do Governo, que é o investimento na linha ferroviária do Douro, e a construção do Itinerário Complementar nº 26, que é fundamental para a região”.

Ouça aqui a notícia:

O enólogo João Nicolau de Almeida, que Marcelo Rebelo de Sousa designou como presidente da comissão organizadora das comemorações, confessou que ainda não deseja tecer comentários sobre a escolha, uma vez que, apesar de já ter conversado com o presidente da República, o anúncio feito este sábado apanhou-o de surpresa.

CIR (Ansiães)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.