José Carlos Neto deixou de ser o comandante distrital da PSP de Bragança

Jose Carlos Neto deixou comando da PSP do distrito de Bragança | Foto: Direitos Reservados

O superintendente José Carlos Neto deixou de ser o comandante distrital da PSP de Bragança, cargo que exercia desde 19 de fevereiro de 2019.



Ainda não foi explicada esta saída, mas pode ter a ver com um processo disciplinar que lhe foi instaurado sobre eventuais irregularidades na atribuição de subsídios a todo o efetivo operacional.

Ao que apurámos, a saída foi oficializada esta quinta-feira, mas já no início desta semana, José Neto tinha informado os agentes do Comando Territorial – Bragança e Mirandela – que iria abandonar o cargo. Contudo, não adiantou as razões.

Confrontado com o assunto, José Neto apenas confirma a saída do cargo, sem prestar declarações sobre as razões, nem sobre qual será o seu futuro profissional.

Já foi solicitada informação sobre o assunto à direção nacional da PSP, mas, até ao momento, ainda não obtivemos qualquer resposta.

Ainda assim, foi possível apurar que até à nomeação de um novo comandante distrital da PSP de Bragança acumula essas funções o atual comandante do distrito de Vila Real, Mário Pereira.

Recorde-se que, recentemente – numa altura em que tinha solicitado licença sem vencimento e estava ausente do país – foi noticiado que o superintendente José Carlos Neto, tinha sido punido com uma repreensão num processo disciplinar sobre eventuais irregularidades na atribuição de subsídios a todo o efetivo operacional devido à covid-19.

José Neto de 52 anos é natural de Angola e conta já com 34 anos de carreira na PSP.

CIR (Terra Quente)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.