Rio Tua pode ser solução para não faltar água em Carrazeda

Albufeira que abastece concelho de Carrazeda está a menos de 30% da capacidade | Foto: Eduardo Pinto

Com mais de 97% do território continental português em seca severa, há concelhos onde as autarquias começam a fazer contas à água que possuem para o abastecimento público e a tomar medidas de poupança.



Um exemplo é o município de Carrazeda de Ansiães, onde a barragem da Fontelonga, que abastece a população local e de algumas aldeias do concelho vizinho de Vila Flor, tem as reservas abaixo de 30% da capacidade máxima. “Um nível preocupante”, assegura o presidente da Câmara, João Gonçalves.

O autarca adianta que tem reunido com responsáveis da empresa concessionária Águas de Carrazeda, da Câmara Municipal de Vila Flor e de outras entidades, no sentido de serem tomadas medidas.

Se não chover mais e se não houver qualquer aporte de água à albufeira da Fontelonga, só a contar com a disponibilidade atual poderá haver “problemas sérios no mês de outubro”. Para que isso não aconteça, João Gonçalves adianta que já se está a “trabalhar na opção de muito brevemente transportar água para a albufeira da Fontelonga, por via rodoviária, desde o rio Tua”.

Acrescenta que a operação vai “começar logo que seja possível, para que o aporte seja gradual e não uma operação tão pesada como se já não houvesse água”.

A Câmara aprovou uma proposta da concessionária para um plano de contingência que prevê a sensibilização da população para a poupança e bom uso da água. “Todos devem fazer a sua parte e ter uma atitude responsável, usando água tratada apenas quando tem de ser”, frisa João Gonçalves, que admite a penalização de quem faça má gestão dos recursos disponíveis, nomeadamente com “regas e lavagem de automóveis”.

A autarquia já começou a dar o exemplo, procurando regar os jardins com água de outras proveniências. O mesmo foi feito com o enchimento das piscinas municipais descobertas, que este ano não terão a funcionar os balneários.

Ouça aqui a entrevista:

Rádio Ansiães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.