Apresentação de escultura de Paulo Moura assinala 25 de Abril em Carrazeda de Ansiães

Escultura de Paulo Moura
Escultura esta instalada na rotunda de Luzelos | Imagem: Eduardo Pinto

É uma maçã gigante com outra maçã dentro que gira com o vento. Chama-se “Rotativa Malus Domestica” e é a nova obra do escultor Paulo Moura. Foi inaugurada, esta segunda-feira, na rotunda de Luzelos, em Carrazeda de Ansiães, para assinalar os 48 anos do 25 de Abril de 1974.



A peça foi construída em aço corten com liga de cobre. Tem um aspeto de oxidação permanente que, ao mesmo tempo, o protege. O material foi eleito por estar mais adaptado ao clima transmontano. A obra tem cerca de oito metros de atura, seis de diâmetro e pesa quase seis toneladas. A sua criação demorou cerca de cinco meses e contou também com a colaboração de Emanuel Moura e Jorge Moura.

Paulo Moura ficou satisfeito com a forma como a obra foi acolhida por carrazedenses e não só. “Quando colocamos um trabalho em espaço público, tentamos chegar a quem o observa. Creio que neste caso foi conseguido”, comentou o artista plástico.

O presidente da Câmara de Carrazeda de Ansiães, João Gonçalves, explicou que a “Rotativa Malus Domestica” foi encomendada a Paulo Moura na sequência da reivindicação de alguns produtores de maçã do concelho. “Há algum tempo que me diziam que faltava uma obra de arte de referência sobre a maçã, que é já identitária do concelho”, salientou.

A opção pela rotunda de Luzelos ficou a dever-se ao facto de estar situada na freguesia de Marzagão, uma das que tem mais pomares de macieiras.

Rotativa Malus Domestica é local de eleição para uma fotografia de grupo | Imagem: Eduardo PInto

Paulo Moura está já a trabalhar noutra obra de arte para instalar num miradouro do concelho, que o autarca prefere não revelar ainda. João Gonçalves disse apenas que será “diferenciador” e que se vai juntar ao roteiro de Miradouros que a Câmara está a criar.

O artista de Carrazeda de Ansiães tem já o seu nome associado aos miradouros “Olhos do Tua”, em Castanheiro do Norte, e “São Lourenço”, no lugar com o mesmo nome, na freguesia de Pombal de Ansiães.

Rádio Ansiães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.