Detidos pela GNR por tráfico de droga ficam em prisão preventiva

Detidos por tráfico de droga ficam em prisão preventiva
Produtos apreendidos pela Guarda Nacional Republicana | Imagem: GNR

Um homem, de 39 anos, e uma mulher, de 62, vão aguardar julgamento em prisão preventiva, depois de terem sido detidos pela GNR, em Macedo de Cavaleiros, por crime de tráfico de droga. Outra mulher, de 38 anos, tem de se apresentar duas vezes por semana no posto da GNR da área de residência.



Os arguidos foram detidos, no dia 12 de março, por militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Bragança, no âmbito de uma investigação que decorria há cerca de oito meses.

A Guarda apurou o grupo introduzia, em Portugal “produto estupefaciente vindo de Espanha”, que era posteriormente “revendido a consumidores residentes nos concelhos de Macedo de Cavaleiros, Alfândega da Fé e Mirandela”.

Os suspeitos foram detidos em flagrante, na posse de droga. Foram realizadas duas buscas domiciliárias e uma numa viatura. Foram-lhes apreendidas “395 doses de haxixe e quatro sementes de canábis sativa, bem como três trituradores de canábis, quatro telemóveis, dois computadores portáteis, dois tablets, uma viatura e vários objetos e produtos destinados à preparação e acondicionamento de produtos estupefacientes”.

A ação contou com o reforço do Destacamento Territorial de Bragança, do Posto Territorial de Macedo de Cavaleiros e da Secção Cinotécnica de Bragança.

Rádio Ansiães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.