Pitbull que atacou criança fica no canil e proprietário com processos da GNR

Pitbull que atacou criança
Imagem meramente ilustrativa e sem qualquer relação com este caso

O pitbull que no sábado passado atacou um menino de 12 anos, à porta de casa, em Parada de Cunhos, Vila Real, foi recolhido no canil municipal. O proprietário do cão foi identificado pela GNR, que lhe instaurou dois autos de contraordenação e participou o caso ao tribunal.



O cão mordeu a criança na mão direita, cujo dedo médio corre o risco de ficar afetado e sem reação para sempre. 

A mãe, Paula Tunes, disse que o filho, depois de ter passado duas horas e meia no bloco de operações, vai “ficar com três parafusos no dedo médio” e, prevê, que possa ficar como “sem vida”. 

O resto da mão também apresenta feridas, devido à dentada do cão, mas “não tão graves”.

Ainda não foi decido o que vai acontecer ao animal, que, segundo a mãe do dono disse a Paula Tunes “tem seguro”. 

O caso segue agora em tribunal, nomeadamente para fixação de eventual indemnização.

Rádio Ansiães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.