GNR deteve homens de 83 e 87 anos por caça ilegal

Foto: GNR

O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da GNR de Vila Real anunciou, esta terça-feira, que deteve dois homens de 83 e 87 anos por caça ilegal.



A patrulha realizou várias ações de fiscalização ao exercício do ato venatório no âmbito da Operação “Artemis”, em duas situações distintas, no concelho de Peso da Régua.

No primeiro caso, no dia 12 de fevereiro, no decorrer de uma ação de fiscalização ao exercício do ato venatório de espécies da caça maior, os elementos do NPA fiscalizaram 118 caçadores, 123 cães e 17 animais de pecuária, tendo resultado na elaboração de seis autos de contraordenação, quatro por infrações à legislação da caça e duas relacionadas com o transporte e bem-estar animal.

Na segunda situação, no dia 13 de fevereiro, durante uma fiscalização ao exercício do ato venatório de espécies da caça menor, os elementos do NPA fiscalizaram 35 caçadores, tendo sido detidos em flagrante dois homens de 83 e 87 anos, que se encontravam a caçar em terreno não cinegético, ou seja, terreno onde não é permitida a caça, nomeadamente em povoados, numa faixa de proteção de 250 metros, para além de terem capturado uma espécie não cinegética. 

No decorrer desta última ação foi apreendido diverso material, destacando-se duas armas de caça, 33 cartuchos de diferentes calibres, duas cartas de caçador, dois livretes de manifesto de arma, dois estojos de arma de caça e dois cadeados de gatilho.

Os detidos foram constituídos arguidos, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Peso da Régua, para aplicação das medidas de coação.

A Guarda Nacional Republicana adianta ainda que, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção ambiental e dos animais. Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.