GNR deteve dois indivíduos em Mirandela por caçar em situação ilegal

Armas apreendidas pela GNR

O Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Mirandela deteve, na noite de quarta-feira, dois indivíduos quando caçavam fora da lei, na aldeia de Vale de Telhas, no concelho mirandelense.



Segundo o comunicado do comando territorial da GNR de Bragança, a detenção aconteceu, cerca das 23 horas, quando os dois homens, de 61 e 70 anos, estavam “no exercício de ato venatório sem consentimento de quem de direito, pela utilização de meios não permitidos, designadamente iluminação de peças a caçar, detenção de arma de fogo não manifestada, posse de arma de fogo sem licença de uso e porte de arma, utilização de cartuchos carregados com múltiplos projéteis de diâmetro superior a 4,5 mm, vulgarmente designados por zagalotes, bem como pela falta de carta de caçador”, revela a nota da GNR, acrescentando que os dois suspeitos, incorriam ainda em várias contraordenações no âmbito da lei da caça.

Além das detenções, foram apreendidas duas caçadeiras, 5 cartuchos com zagalote e 2 cartuchos com projétil único.

Os detidos foram constituídos arguidos, sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência e notificados para comparecer no tribunal judicial de Mirandela, tendo o Ministério Público determinado a realização de diligências de investigação e inquérito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.