Câmara de Carrazeda abre gabinete para apoiar integração de imigrantes no concelho

A secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira, inagurou Centro de Apoio na Câmara de Carrazeda | Foto: Eduardo Pinto

A Câmara de Carrazeda de Ansiães abriu, segunda-feira, um centro de apoio a imigrantes – pessoas estrangeiras que vivem e trabalham em Portugal.

É o número 120 em todo o país e pretende ajudar resolver problemas que os estrangeiros encontram na terra que os acolhe.

De acordo com a secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira, um Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes facilita a vida a quem vem de fora:

Os centros locais de apoio à integração de migrantes funcionam em Portugal desde 2003 e já realizaram mais de um milhão de atendimentos:

O centro de apoio a imigrantes em Carrazeda funciona no Gabinete de Apoio ao Munícipe, na Câmara.

O autarca, João Gonçalves, adianta que os imigrantes vão encontrar ali pessoas habilitadas a ajudar a resolver os seus problemas de integração:

Em Carrazeda de Ansiães existe uma comunidade estrangeira com mais de 100 pessoas residentes em permanência e perfeitamente integradas. Durante a época das colheitas agrícolas pode chegar às cinco centenas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *