Especialistas afirmam que regresso à normalidade após a pandemia será demorado

A vacinação contra a covid-19 é a maior esperança da Humanidade

A humanidade não estava a contar atravessar uma pandemia que a deixasse em suspenso. Há quem acredite que quando acabar a normalidade regressará rapidamente, mas também quem ache que ser um processo demorado.

A pandemia surgiu em 2019, na China, trocou-nos as voltas a todos e já só se quer ver o fim do pesadelo. Quando se declarar o fim da covid-19, há brigantinos que acreditam que tudo regressará à normalidade. Ainda assim, há outros que prevêem que a vida não volte a ser o que era:

Carlos Afonso é licenciado em Sociologia pelo Instituto Universitário de Lisboa e doutorado na mesma área pela Universidade de Brasília. O sociólogo, docente no Instituto Politécnico de Bragança, afirma que o regresso ao dito normal será díficil e há muitas pessoas que não voltem a ser o que eram:

Bruno Pires, licenciado em Sociologia pela Universidade da Beira Interior, também considera que o regresso à normalidade será demorado, mas acredita que tudo voltar a ser como era antes:

Em termos mentais, a pandemia pode, de facto, mexer com a saúde das pessoas. É esta a opinião de Manuel Guimarães, psiquiatra desde 2019. O médico considera que a pandemia trouxe como positivo o facto de se falar mais de saúde mental e ajudou a perceber que qualquer pessoa pode sofrer um distúrbio:

A vida como se conhecia parou. Fecharam as escolas, as lojas, os cafés, os restaurantes, os museus e os teatros. Os beijos, abraços e apertos de mão ficaram de lado. Resta agora esperar que a pandemia acabe e que tudo volte a ser com dantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *