Morto a tiro em Tabuaço por discussão sobre direitos de passagem para terreno

Em Valença do Douro, Tabuaço, Fernando Augusto, de 74 anos, terá matado com dois tiros de caçadeira, esta segunda-feira à tarde, Armando Barbosa, de 64 anos.

O crime terá ocorrido na sequência de desentendimentos que os dois homens tinham sobre o direito de passar para um terreno agrícola.

Segundo apurámos, há uns anos, Armando Barbosa comprou um terreno perto do de Fernando Augusto. Para ir para a sua propriedade, precisava de passar num caminho que o agressor dizia ser só seu.

As discussões sobre o direito de passagem foram-se agudizando e acabaram em tragédia, esta segunda-feira à tarde, com a morte de Armando Barbosa.

O suspeito estava no seu terreno quando Armando apareceu, acompanhado pela filha mais nova. Houve discussão e Fernando terá disparado a matar por duas vezes, atingindo o outro na zona do pescoço.

A filha deu o alerta aos bombeiros, que executaram manobras de reanimação. Sem sucesso.

Fernando Augusto, que era conhecido na aldeia como um homem pacato, entregou-se à GNR. 

A investigação está a cargo da Polícia Judiciária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *