Quase todos os autarcas do PSD em Trás-os-Montes e Alto Douro são recandidatos a novo mandato

Estamos ainda a sete meses das eleições autárquicas e já são conhecidos mais de 100 nomes propostos pela direção nacional do PSD. 77 são recandidatos.

Na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, a maior parte dos anunciados são os atuais presidentes de câmara eleitos pelo Partido Social Democrata.

DISTRITO DE BRAGANÇA:

Para concorrer em Carrazeda de Ansiães foi anunciado João Gonçalves. O atual presidente da Câmara disse à Rádio Ansiães, na passada sexta-feira, à margem da reunião da Assembleia Municipal, que a sua recandidatura está dependente da sua vontade e da do partido:

O presidente da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, Nuno Gonçalves, disse à Lusa que constar na lista apresentada pela direção do PSD apenas quer dizer que querendo, pode ou está em condições de se recandidatar, porque os seu nome pode ser homologado.

Em Bragança avança Hernâni Dias; em Freixo de Espada à Cinta, Maria do Céu Quintas; e em Vimioso, António Fidalgo.

DISTRITO DE VILA REAL:

– Alijó: José Rodrigues Paredes

– Boticas: Fernando Queiroga

– Murça: Mário Artur Lopes

– Peso da Régua: José Manuel Gonçalves

– Valpaços: Amílcar Almeida

– Vila Pouca de Aguiar: Alberto Machado

DISTRITO DE VISEU:

– Armamar: João Paulo Fonseca

– Moimenta da Beira: Jorge Costa (Neste concelho o poder é do PS)

– Penedono: Cristina Ferreira (atual vice-presidente da Câmara). O presidente Carlos Esteves está a cumprir o último dos três mandatos consecutivos permitidos pela lei.

– Sernancelhe: Carlos Silva

– Tabuaço: Carlos Carvalho

– Tarouca: Valdemar Pereira

No distrito da Guarda, resta ainda saber quem será o candidato do PSD à Câmara de Vila Nova de Foz Côa, já que Gustavo Duarte não pode voltar a concorrer devido à limitação de três mandatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *