Distrito de Bragança bateu novo máximo de novos casos de covid-19

O distrito de Bragança atingiu, esta quinta-feira, um novo máximo de novos casos de infeção pelo coronavírus registados num só dia, desde que começou a pandemia, há mais de oito meses. O último boletim das autoridades de saúde dá conta de 149 novos casos.

Há ainda a lamentar duas mortes. Uma no concelho de Mirandela (utente do Lar do Centro Social e Paroquial de Torre de Dona Chama, uma das duas mortes que já tínhamos avançado, mas que a autoridade de saúde apenas oficializa no boletim desta quinta-feira) e outro óbito que se registou em Miranda do Douro.

Há também 84 pacientes recuperados, pelo que o saldo é de mais 63 pessoas com a doença ativa no distrito.

O Concelho de Bragança volta a ser o mais atingido com esta pandemia, registando 63 novos casos, tendo recuperado 33 pacientes.

Miranda do Douro tem 28 novos casos e regista mais 4 recuperados. Macedo de Cavaleiros regista mais 27 casos e viu recuperar 13 pacientes. Em Freixo de Espada à Cinta há 8 novos casos e tem mais 3 recuperados. O concelho de Mirandela regista mais 7 casos e passa a ter mais 4 recuperados. Alfândega da Fé tem 5 novos casos e viu recuperar 4. Torre de Moncorvo conta 4 novos casos e 7 recuperados. Vimioso e Mogadouro registaram 3 novos casos e não têm novos recuperados. Finalmente, Carrazeda de Ansiães teve um caso novo, mas registou 4 pacientes recuperados.

Até ao momento, estão confirmados, desde 14 de março, 2.857 casos. Recuperaram 1.814 e morreram 66 pessoas.

Restam ainda 914 casos ativos da doença: Bragança tem 358, Mirandela 133, Macedo de Cavaleiros 112, Freixo de Espada à Cinta 112, Mogadouro 56, Miranda do Douro 55, Torre de Moncorvo 52, Alfândega da Fé 44, Vinhais 23, Vila Flor 12, Vimioso 12 e Carrazeda de Ansiães 4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *