Vila Flor baixa casos de covid-19 para menos de metade da semana passada

O concelho de Vila Flor regista uma das mais importantes descidas do número de casos ativos de covid-19 no distrito de Bragança. É o dado mais significativo do último boletim epidemiológico da pandemia, que ainda revela que, entre a passada quinta-feira e o dia de segunda-feira, houve mais 276 novos casos, 165 recuperados e dois mortos.

Apesar de boletim não especificar os novos casos de infeção por concelho, é possível saber que o total de casos positivos foi, na sexta-feira, de 123, no sábado 64, domingo 67 e segunda-feira 22.

Desde o início da pandemia estão confirmados 2.542 casos no distrito de Bragança, recuperaram 1.667 pacientes e morreram 63. Restam ainda ativos 812 casos.

O concelho de Bragança voltou a ter uma subida considerável, quando comparado com os números de quinta-feira. Regista ainda 296 pessoas por curar (+58).

Segue-se o concelho de Mirandela que, apesar de ter registado mais de uma dezena de novos casos, também viu recuperar mais de duas dezenas de pacientes, baixando para os 100 casos ativos (- 9 do que no dia 12 de novembro).

O terceiro concelho mais afetado do distrito é agora Freixo de Espada à Cinta que já totaliza 95 casos ativos (+60 do que na última quinta-feira, a maioria ligada ao surto que surgiu no lar de idosos de Ligares).

Macedo de Cavaleiros regista ainda 85 casos ativos (+10), Mogadouro subiu para 71 (+8), Torre de Moncorvo aumentou para 54 casos (+14), Alfândega da Fé tem agora 40 casos ativos (+3), Miranda do Douro tem 21 (-7), Vinhais soma 20 casos (+3), Vila Flor registou uma descida acentuada de casos ativos, passando para apenas 19 (-27).

Carrazeda de Ansiães baixou para 7 casos (-4) e Vimioso mantém os mesmos 4 casos ainda ativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *