Pai e filho constituídos arguidos em Mirandela por tráfico de droga e posse de armas

Resultado da operação da GNR em Mirandela | Foto: GNR


O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Mirandela deteve um homem, de 52 anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho mirandelense.

A operação culminou uma investigação iniciada há dois meses e relacionada com tráfico de droga.

Envolveu uma busca domiciliária e duas em viaturas que permitiram, para além de cannabis, apreender sete armas de fogo e três armas proibidas.

A GNR explica que “as armas de fogo pertencem ao filho do detido, de 29 anos, mas estavam em casa do pai, que não tem licença de uso e porte de arma e fora do cofre, pelo que foram apreendidas como medida cautelar”.

As buscas permitiram ainda apreender 15 doses de cannabis, uma planta de cannabis, sete armas de fogo, um bastão extensível, um punhal, uma arma elétrica, duas balanças de precisão, 256 munições, três telemóveis e 1410 euros.

O suspeito, com antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes, foi constituído arguido, assim como o filho, tendo os factos sido remetidos para o Tribunal de Vila Flor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *