PJ deteve rapaz de 14 anos por provocar incêndio numa zona entre Penedono e S. João da Pesqueira

Imagem meramente ilustrativa | Foto: Eduardo Pinto


A Polícia Judiciária da Guarda, com a colaboração da GNR de Moimenta da Beira, identificou um rapaz de 14 anos, autor confesso de um incêndio florestal, ocorrido ao final da tarde de segunda-feira, na freguesia da Granja, no limite dos concelhos de Penedono e São João da Pesqueira.

As chamas devoraram meio hectare de mato, giestas e algumas árvores.

Não fosse a pronta e eficaz intervenção dos bombeiros, que contaram também com o apoio de um meio aéreo, o incêndio poderia rapidamente ter evoluído sobre uma vasta área de pinheiros e de alguns palheiros, colocando também em perigo algumas casas da Granja.

De acordo com a PJ, o menor terá atuado num quadro suscetível de evidenciar preocupante tendência de incendiarismo, já que manifesta desejo de ser bombeiro e de apreciar a sua atuação.

Os factos foram comunicados ao Ministério Público.

E a Polícia Judiciária de Vila Real deteve um homem suspeito de ter ateado um incêndio florestal, em Tourém, Montalegre.

O incêndio, ocorrido na tarde de 29 de abril deste ano, consumiu uma área de mato e pinheiro bravo.

A rápida intervenção dos bombeiros evitou males maiores.

O detido é um agricultor de 62 anos que vai ser ouvido em tribunal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *