Covid-19 | Bragança e Mirandela abrem centros de testes ao novo coronavírus




A partir de hoje, Bragança e Mirandela dispõem de duas unidades para a despistagem da Covid-19, com capacidade para realizar quase 400 testes por semana.

Um comunicado conjunto dos dois Municípios, do Hospital Terra Quente e do Hospital Privado de Bragança, refere que os testes serão efetuados “com a colaboração de um laboratório com implantação nacional, devidamente credenciado para o efeito, com convenção com o Serviço Nacional de Saúde”.

Segundo aquelas entidades, tratava-se de uma necessidade urgente, “considerando a evolução epidemiológica da COVID-19 no distrito de Bragança, com aumentos significativos, quer nos profissionais de saúde, quer no universo de pessoas idosas, com particular incidência nos lares de terceira idade, não se conseguindo perceber a verdadeira realidade, por falta de testes”.

O distrito de Bragança fica assim com capacidade acrescida de despistagem do novo coronavírus (SARS-CoV-2), já que, atualmente, apenas estão a ser feitos testes num centro móvel de recolha, instalado em Macedo de Cavaleiros, que são encaminhados para o Hospital de S. João, no Porto. Tal revela-se “insuficiente para as necessidades do distrito”, adianta o comunicado.

Os centros de testes funcionam em Bragança, junto ao pavilhão Arnaldo Pereira, e em Mirandela, junto à entrada do Hospital Terra Quente.

É ainda explicado que “estes centros de testes Covid-19 possibilitarão a realização de testes em todos os concelhos do distrito de Bragança, conforme futura identificação de necessidades e prioridades”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *