JORNAL DA TARDE DE 31 DE MARÇO DE 2020

Destaques desta edição de notícias para ouvir:

O lar da Misericórdia de Vila Nova de Foz Côa registou a morte de um segundo utente devido à Covid-19. Trata-se de uma mulher com idade na casa dos 80 anos, que estava no grupo dos 47 infetados.

Um grupo de médicos queixou-se que o hospital de Bragança não tem meios para tratar doentes com Covid-19, uma vez que “está a receber doentes infetados que facilmente se cruzam com outros que aguardam confirmação”.

O Presidente da Câmara de Ribeira de Pena, João Noronha, mostra-se preocupado com a presença no concelho de trabalhadores espanhóis, oriundos de zonas severamente afetadas por Covid-19, e alerta para a importância da suspensão imediata dos trabalhos nas Barragens do Tâmega, a fim de evitar o surgimento de um foco de contágio que venha a afetar todo o concelho.

A venda de t-shirts com um arco-íris e a frase “Vamos todos ficar bem” para ajudar os profissionais de saúde do distrito de Bragança já resultou em 750 euros transferidos para a Unidade Local de Saúde do Nordeste.

O Novo Banco, maior credor do grupo Sousacamp, com 49% dos créditos, anunciou a venda do maior produtor ibérico de cogumelos à gestora de capital de risco CoReEquity.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *