Covid-19 | Lar de Vila Real evacuado – 53 utentes vão para o Hospital Trofa Saúde

Bombeiros da Cruz Branca e Cruz Verde estão a efetuar transporte |Foto: Miguel Cabral


A unidade de Vila Real do Hospital Trofa Saúde está, esta noite, a receber 53 idosos do Lar de Nossa Senhora das Dores, em Vila Real, que estão infetados com o novo coronavírus. Três utentes que testaram negativo vão ficar no Hospital de Vila Nova de Gaia.

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, colocou os louros no “Serviço Nacional de Saúde”, ao qual atribuiu o epíteto de “grande herói”. A solução foi encontrada pelo Ministério da Saúde, através do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro do Agrupamento de Centros de Saúde do Douro, bem como os pelos ministérios da Segurança Social e da Defesa, entre outras instituições.

Rui Santos realçou que, “ainda bem, que nos últimos dois anos abriram, em Vila Real, dois hospitais privados”. É para um deles, o da Trofa, que vão “53 idosos com Covid-19”.

Três utentes saíram do lar durante a tarde, depois de terem testado negativo, e foram transportados, em duas ambulâncias dos bombeiros da Cruz Branca e da Cruz Verde de Vila Real, para o Hospital de Vila Nova de Gaia.

Depois de concluída a operação, os funcionários, “uns verdadeiros heróis que se mantiveram no seu posto até ao último momento”, poderão ir para casa, onde “cumprirão isolamento profilático, descansar e recuperar”, enfatizou Rui Santos, sublinhando ainda que as famílias dos utentes ficarão, também, “mais tranquilas”.

A próxima etapa é a desinfeção das instalações do lar por militares do Exército português. A operação poderá começar este sábado, para permitir que, mais tarde, os utentes possam regressar à casa que conhecer melhor.

Esta sexta-feira, 29 funcionários do lar que, por não estarem ao serviço, ainda não tinham sido testados, foram submetidos a testes por parte de uma equipa do INEM. São trabalhadores que estavam em casa, em quarentena, depois de no domingo passado ter sido conhecido o primeiro caso naquele lar, um dos utentes. 

Os resultados da primeira vaga de testes, conhecidos terça-feira, revelaram 13 idosos e sete funcionários infetados pelo novo coronavírus. Os da segunda foram dados a conhecer em duas prestações. Quinta-feira à noite soube-se que mais 25 (de um total de 29) testes tinham dado positivo, e, esta sexta-feira de manhã, foi feito o balanço: 99 testes realizados, com 68 utentes e 20 funcionários com Covid-19. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *