JORNAL DA MANHÃ DE 26 DE MARÇO DE 2020

Destaques desta edição de notícias para ouvir:

A Santa Casa da Misericórdia de Carrazeda de Ansiães tem o lar de idosos em isolamento total pelo período de 14 dias

Aumentou para 34 o número de infetados no distrito de Bragança e aguarda-se o resultado do teste a uma antiga professora de Carrazeda de Ansiães

O presidente da Câmara de Chaves, Nuno Vaz, apela a um verdadeiro controlo sanitário nas fronteiras terrestres e uma verificação do cumprimento do isolamento social.

O presidente da Câmara de Ribeira de Pena enviou ao Governo um pedido de declaração da situação de calamidade no concelho, para suspender as obras nas barragens do Sistema Eletroprodutor do Tâmega.

Quatro emigrantes de Ribeira de Pena, que trabalham no Luxemburgo, foram detidos pela PSP de Chaves por desobediência e desrespeito à quarentena que lhes foi imposta.

A PSP e a GNR já detiveram 39 pessoas por desobediência ao estado de emergência decretado por causa da pandemia de Covid-19 e encerraram 649 estabelecimentos por incumprimento.

A Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações, a Fectrans, denunciou um despedimento coletivo na empresa de cruzeiros do Douro Scenic, representada pela empresa Waratah.

A diretora geral da saúde disse, ontem, que não há evidência científica que as desinfeções de vias e espaços públicos sejam eficazes contra o contágio pelo novo coronavírus. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *