Mulher assassinada e homem ferido à facada em Carrazeda

Dispositivo das autoridades próximo do local onde ocorreu o homicídio de Albertina Veiga Lopes, à entrada de Samorinha | Foto: Eduardo Pinto

Maria Albertina Veiga Lopes, com 44 anos, foi assassinada à facada, esta sexta-feira de manhã, em Samorinha, no concelho de Carrazeda de Ansiães. Um homem com quem se encontrava dentro de uma viatura foi ferido com gravidade. O principal suspeito dos crimes é o marido de Albertina, Abel Lopes.

Segundo fonte da GNR, o crime ocorreu pouco depois das 8 horas, à entrada da aldeia de Samorinha, numa zona de mato próxima da estrada municipal. O alerta foi dado por populares que se aperceberam das agressões.

Pelo que foi possível apurar, o marido da vítima, Abel Lopes, de 54 anos, que trabalhava na construção civil, é o presumível suspeito do crime e foi detido pela GNR praticamente em flagrante delito.

O outro homem agredido à facada foi transportado numa ambulância dos Bombeiros Voluntários de Carrazeda der Ansiães, em estado considerado grave, para o hospital de Vila Real.

Albertina Veiga Lopes, mais conhecida por Tina, era atualmente cozinheira no restaurante da filha, no centro da vila de Carrazeda. Também integrava a formação do Rancho Folclórico de Carrazeda. Deixa órfãos de mãe uma filha de 22 anos e um filho de 17.

Albertina Veiga Lopes é a vítima mortal


A outra vítima é um homem da região de Coimbra, que estava a trabalhar temporariamente em Carrazeda de Ansiães, na construção de ramais de ligação do gás natural aos domicílios.

Os meios de socorro foram acionados pelas 8.28 horas e para o local foram enviados 16 meios humanos, apoiados por seis viaturas. Foi também acionado o helicóptero do INEM, mas que acabou por não ser utilizado.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local e para recolher indícios no terreno que ajudem a esclarecer os contornos deste homicídio.

O suspeito dos crimes vai ser ouvir este sábado em primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Vila Flor, e conhecer as medidas de coação.

Por Rádio Ansiães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *