Cão de pastor encontrou crânio de desaparecido em Boticas

GNR procurou homem durante vários dias, mas sem sucesso | DR

Foi o cão de um pastor que encontrou o crânio de um homem de 61 anos, que estava desaparecido desde o dia 17 de setembro, da aldeia de Ardãos, no concelho de Boticas.

Segundo conta hoje o Jornal de Notícias, o pastor alertou as autoridades depois de ver o cão que andava com o rebanho com um crânio humano na boca, a cerca de um quilómetro da aldeia.

Isto ocorreu no sábado e no domingo as autoridades foram procurar o resto do cadáver, que veio a ser localizado pelos bombeiros, em avançado estado de decomposição, nas proximidades do local.

O JN revela que além do crânio também faltava um dos braços. Os restos mortais foram avistados a cerca de 15 metros da estrada municipal que liga Ardãos a Seara Velha, já no concelho vizinho de Chaves, numa zona com pouca vegetação.

A PJ de Vila Real está a investigar as causas da morte, mas só a autópsia poderá confirmar se houve crime ou se os restos mortais foram separados por animais.

O cadáver é de Domingos Brás, solteiro que vivia sozinho e foi visto pela última vez a 17 de setembro. O alerta foi dado por familiares que estranharam a ausência do homem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *