Cada vez mais ataques de cães a rebanhos em Macedo

Criadores de gado de Macedo de Cavaleiros estão cada vez mais preocupados
Foto: Eduardo Pinto

Nos últimos tempos têm sido mais frequentes os ataques de cães vadios a rebanhos no concelho de Macedo de Cavaleiros. Em Salselas, por exemplo, três cães já mataram mais de uma dezena de animais.

Isabel Pinto, uma das habitantes lesadas, conta que a situação está a deixá-los assustados:

Luís Brás trabalha para um proprietário de ovelhas de Salselas e refere que os ataques aos animais têm sido frequentes:

Segundo o presidente da Junta de Freguesia de Salselas, João Pinto, os ataques têm vindo a acontecer há cerca de dois meses. Já comunicou os receios à Câmara de Macedo por mais que uma vez, mas, segundo diz, nada foi feito:

Na aldeia de Carrapatas, no passado fim de semana, um rebanho foi atacado por cães, que mataram 12 ovelhas, conta o presidente da junta, Armando Carrazedo:

Pedro Mascarenhas, vice-presidente da autarquia de Macedo, justifica que a gestão dos animais abandonados tem sido complicada devido à lotação esgotada do canil intermunicipal:

O vice-presidente sublinha ainda que a capacidade de recolha esgotada do canil intermunicipal tem criado constrangimentos no concelho:

A entrada em vigor da lei que proíbe o abate de animais levou ao rápido esgotamento da capacidade do canil intermunicipal da Terra Quente Transmontana, que serve os municípios de Macedo, Alfândega, Carrazeda, Mirandela e Vila Flor, estando previstas obras de ampliação no próximo ano.

Rádio Ansiães/Rádio Onda Livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *