Empresários estrangeiros interessados na Sousacamp

Foto: Eduardo Pinto

Dois empresários estrangeiros querem investir na Sousacamp, em Benlhevai, Vila Flor. A empresa de cogumelos está falida e tem uma dívida de 60 milhões de euros a várias entidades, sendo o Novo Banco o maior credor.

José Eduardo Andrade, do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabaco de Portugal, explica que a solução pode passar por um consórcio composto por um empresário belga e outro espanhol:

A continuação da participação do anterior acionista foi posta de lado, o que deixa satisfeito o sindicato:

No entanto, o sindicato não está totalmente descansado, porque a proposta de recuperação pressupõe o pagamento das dívidas ao Novo Banco e a outros credores, mas não dá garantias sobre a manutenção dos postos de trabalho:

O grupo Sousacamp, detentor de cerca de 90% do mercado nacional de cogumelos, conta com cinco fábricas em Portugal e duas em Espanha, e emprega mais de 500 pessoas.

A última assembleia de credores foi interrompida e será retomada dia 27 para ser conhecida a decisão acerca da proposta de recuperação apresentada.

Por Rádio Ansiães/ Rádio Brigantia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *