PSD quer preços mais baixos nas portagens da ex-SCUT

A24 liga Viseu a Chaves e atravessa o Alto Douro Vinhateiro | Foto: Eduardo Pinto

O PSD defende a redução para metade das portagens nas autoestradas do interior e também quer preços mais baixos para as viagens de comboio.

Em conferência de imprensa na Assembleia da República, o PSD apresentou um projeto de resolução que recomenda ao Governo que reduza o valor das portagens nas antigas SCUT (autoestradas sem custos para o utilizador) em zonas onde não existam transportes públicos.

“Pretendemos que o Governo compense os territórios onde não há transportes públicos dignos desse nome com uma redução de 50% nas ex-SCUT e em todas aquelas autoestradas que estiverem em idênticas circunstâncias”, sublinhou, acrescentando que para veículos totalmente elétricos a redução proposta é de “75%”.

O vice-presidente da bancada do PSD no Parlamento, Carlos Peixoto, eleito pelo distrito da Guarda, também defende “uma redução de 50%”, no preço das viagens dos “comboios intercidades e interregionais, que não estejam abrangidos pelo programa de apoio à redução tarifária desenhado pelo Governo, em todos os territórios de fora das áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto”.

Os sociais-democratas recomendam ainda ao Governo que promova, divulgue e incentive a aplicação do regime do transporte a pedido ou flexível, sobretudo nas regiões mais desfavorecidas e sem cobertura de rede de transportes públicos. O regime foi criado em 2016, mas o PSD entende que é praticamente desconhecido.

Por Rádio Ansiães / Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close