Anticorpos da gema de ovo em pastilhas contra a gripe

Os investigadores Marguerita Rosa, Emanuel Capela e Mariam Kholany
Foto: Universidade de Aveiro

A Universidade de Aveiro tem em curso um projeto de investigação que pode conduzir à substituição da vacina da gripe por pastilhas efervescentes. O ingrediente principal está nos anticorpos retirados das gemas dos ovos das galinhas, rico em vitamina C e minerais.

A ideia é dos estudantes do doutoramento em Engenharia Química da Universidade de Aveiro, Marguerita Rosa, Emanuel Capela e Mariam Kholany.

De acordo com os investigadores, “espera-se que estes anticorpos não despoletem reações inflamatórias no sistema imunitário humano, diminuindo passivamente a carga viral da pessoa afetada”.

Deixam também uma garantia: “Uma pastilha por dia é o que desejamos alcançar para manter a proteção ao longo do tempo de maior incidência do vírus da gripe”.

A ideia passa por desenvolver “pastilhas efervescentes contendo anticorpos da gema do ovo específicos para as proteínas membranares constantes do vírus, e suplementadas com vitamina C e outros minerais para reforçarem o sistema imunitário”.

Os investigadores garantem que se trata de um método passível de ser utilizado” por toda a população e não apenas por doentes de risco”. Ainda tem a vantagem de ser não-invasivo – não utiliza agulhas – quando comparado com a vacinação tradicional”.

Agora falta arranjar financiamento para continuar a desenvolver esta forma de prevenir a gripe.

Por Rádio Ansiães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *