Dois militares da GNR julgados por tráfico de droga

Tribunal de Vila Real | Foto: Direitos Reservados

Dois militares da GNR e mais dois arguidos vão conhecer no dia 8 de abril a pena a que poderão ser condenados pelo Tribunal de Vila Real. Estão indiciados pelo crime de tráfico de droga.

Os arguidos têm idades  entre os 25 e os 36 anos. De acordo com o Ministério Público, traficaram estupefacientes entre, pelo menos, julho de 2017 e abril de 2018, mês em que foram detidos pela GNR de Vila Real.

Na altura da detenção, os dois militares prestavam serviço no Peso da Régua. Um tinha 27 anos e o outro 35 anos. Este último está em prisão preventiva e o outro tem de se apresentar periodicamente no posto policial da sua área de residência.

De acordo com a agência Lusa, esta segunda-feira foram proferidas as alegações finais deste processo.

A procuradora do Ministério Público considerou “muito indeterminado” o depoimento do militar da GNR que se encontra em prisão preventiva, que assumiu participação “em negócio para sustentar o vício” e reconheceu que a “prova é escassa” em relação ao segundo guarda envolvido no processo.

O advogado de defesa do GNR em prisão preventiva defendeu a aplicação de uma pena suspensa, realçou que o arguido deixou de consumir e que o próprio assumiu não ter mais condições para exercer funções como militar.

O advogado do segundo guarda destacou também a prova “quase nula” contra o seu cliente e disse “que ele não fazia parte de nada”.

Por Rádio Ansiães / Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *